The Darkness lives here.

Hellnight

Hellnight

Naomi é uma estudante que está no metrô de Tokyo quando de repente alguém (ou alguma coisa) aparece subitamente no meio dos trilhos, causando uma freada brusca e consequentemente uma colisão.

Desesperada por não ter saída, as coisas só pioram quando Naomi escuta gritos de vindos do vagão atrás, é quando ela tem contato com a tal coisa, que inicia uma perseguição à garota que tem como única escapatória fugir pelos túneis do metrô, esgotos, e outros caminhos misteriosos no subterrâneo dessa caótica Tokyo.

O game é jogado em 1ª pessoa, lembrando Doom, tanto pela jogabilidade quanto pelos gráficos, sem mais destaques pois se trata de um jogo visualmente limitado, no entanto seria o Doom mais estranho de todos os tempos.

Uma vez que a todo momento você tem que se lembrar que controla uma garota indefesa que só tem como chance fugir daquele lugar, sem saber para onde ir, sem saber onde o seu perseguidor está, sendo assim, tiros a todo momento estão fora de cogitação.

A trilha sonora é ótima, mantendo totalmente o clima de tensão, e nesse ponto não devendo nada à jogos mais modernos do estilo. O silêncio é quase perturbador, te deixando sem pistas do que fazer, apenas alguns efeitos sonoros são presentes além dos grunhidos das bestas.

Apesar de ser uma game japonês e ambientado por lá, Dark Messiah assemelha-se a um jogo de pc, pois a interatividade infelizmente é pouca, e a maioria das ações é feita por uma simples escolha de objetos mostrados na tela. Os fãs de Clock Tower se sentirão em casa.

Dark Messiah foi lançado nos Estados Unidos com o nome de HellNight, sendo publicado pela Konami, e apesar de velho ainda garante uns bons sustos. Recomendo principalmente para os fãs do gênero, mas também é bom para os aventureiros a fim de um jogo inovador no Playstation

Screens:

psx , games , kowaii games , Kowaii» Empresa : Konami
» Ano lançamento : 11/06/1988
» Gênero : Survival Horror
» Plataforma : Playstation One / PSX
» Idioma : Inglês
» Fonte : Wikipedia | The iso zone

Posts Relacionados :

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *