The Darkness lives here.

Krampus – O Lado negro do natal

Krampus – O Lado negro do natal

Bem talvez alguns de vocês já tenham ouvido falar dessa criatura sinistra que seria basicamente oposto do papai noel, Sr Krampus o que ele faz é basicamente tacar o terror na mulecada ele tem como principal objetivo punir as crianças desobedientes,segundo as Lendas Europeias este ser anda junto com são nicolau (papai noel), enquanto o bom velhinho presenteia as crianças boas, krampus levas as más colocando-as num saco e as leva para o inferno.

É melhor você ser bom, ou então Papai vai te deixar uma pilha de carvão para o Natal! “

Quem nunca ouviu essa frase lendária nos filmes , Os americanos têm usado isso como uma maneira de obter os seus filhos a se comportar durante décadas, mas ao longo na Áustria e na Alemanha eles têm um castigo muito pior do que o carvão:

“É melhor você ser bom, ou o Krampus virá para você!”

Krampus. A palavra é quase tão desagradável quanto a própria criatura. Uma mistura de cabra e demônio, ele persegue pelas ruas escuras da Europa Central, à procura de crianças desobedientes pôr em seu saco. As crianças desobedientes da Alemanha foram mantidos na linha durante séculos com a ameaça de Krampus, bem esta explicado porque os alemães são disciplinados

Krampus-00 Krampus-01 Krampus-02

Krampus na atualidade

Em alguns países da Europa e até mesmo no Brasil em algumas cidades da região sul, Tradicionalmente, rapazes se vestem de Krampus nas duas primeiras semanas de dezembro, particularmente no anoitecer de 5 de dezembro, e vagam pelas ruas assustando crianças e mulheres com correntes e sinos enferrujados.

As fantasias modernas de Krampus consistem em uma Larve (máscaras de madeira), pele de ovelha e chifres. A manufatura das máscaras artesanais demanda um esforço considerável, e vários jovens em comunidades rurais competem nos eventos do Krampus, essa parte de competição acontece apenas na Europa.

Krampus-03 Krampus-04

Em Oberstdorf, no sudoeste da parte alpina da Baviera, a tradição do der Wilde Mann (“o homem selvagem”) é mantida viva. Ele é como o Krampus (exceto pelos chifres), veste peles e assusta crianças (e adultos) com suas correntes e sinos enferrujados, mas não é um assistente de São Nicolau.
Existem variações onde Krampus aparece sendo o ajudando de são Nicolau aonde um pune as crianças enquanto outro presentei-as e outras não.

Até hoje, tradicionalmente, jovens rapazes das regiões Alpinas se vestem como Krampus  principalmente na cidade que é centro de comércio na Bavária, chamada Berchtesgaden, e desfilam acompanhando São Nicolau, durante as primeiras duas semanas de dezembro
, porém no final de 1969 a igreja católica retirou do seu calendário oficial a festa de são Nicolau que era celebrada no dia 6 dezembro, devido as travessuras feitas pelos rapazes que se fantasiavam de krampus que saiam as ruas no dia 5 dezembro .

Os rapazes reproduziam o que todos sabiam que Krampus fazia:  andavam sem objetivo nas ruas, alarmando as crianças, colocando medo naquelas que haviam se comportado mal e arrastavam pesadas correntes de ferro aumentando a algazarra.  A imagem de Krampus é aquele ser com uma longa língua vermelha, coberto de pelos, carrega correntes e tem na mão um freixo de galhos de madeira com o qual ameaça as crianças que se comportam mal ou que não sabem suas lições.

Origem pré-cristã

O Krampus, como você pode ver nas imagens, é representado como uma criatura bestial — com chifres de cabra, cascos de fauno e o corpo coberto de pelos — de aparência horripilante, e sua origem está relacionada ao folclore germânico. Há milhares de anos, antes do surgimento do Cristianismo, existia na Europa uma grande variedade de lendas associadas à realização de festejos e sacrifícios para honrar as divindades, para que no próximo ano a colheita fosse farta.

As celebrações costumavam ocorrer no solstício de inverno, e era comum que as pessoas se fantasiassem de demônios e saíssem pelas ruas para pedir comida e bebida. Essas tradições acabaram sobrevivendo ao tempo e se misturando às festividades cristãs, já que o solstício também coincide com a época em que se comemora o Natal.

Krampus-05 Krampus-06 Krampus-07

De acordo com a lenda, o Krampus aparece na noite do dia 5 de dezembro e fica perambulando pelas ruas durante duas semanas, arrastando correntes enferrujadas e tocando sinos para assustar as crianças. Hoje em dia, jovens rapazes se fantasiam com trajes demoníacos superelaborados e saem pelas ruas, e muitos carregam varas e um cesto nas costas que serviria para capturar os desobedientes e levá-los para o inferno.

Outro ponto interessante seria Ele aparece lado a lado com o mais bondoso dos santos, aquele que distribui presentes às crianças.  Assim, ajuda a equilibrar as forças do bem e do mal, servindo como um freio social, como um lembrete de que  as  crianças precisam ser boazinhas e comportadas para ganharem presentes de Natal: presentes não vêm automaticamente .  Foi uma maneira inteligente de manter em cheque as crenças pagãs que teimavam em ressuscitar.   Já no século IV da nossa era, o Papa Gregório, havia aconselhado Santo Agostinho a permitir que esse personagem pagão fosse incorporado às festividades desde que fosse rebatizado.  Krampus é o novo nome dessa entidade: Percht ou Perchta.  Bartl,  Ruprecht, Knecht Ruprecht, são alguns dos muitos outros nomes de Krampus.

Perchta

Perchta era uma deusa pagã da região alpina, que aparece em duas formas: ou sedutora belíssima, branca como a neve, ou como um demônio em trapos.  A ela cabia a vigilância dos animais no início do inverno e a visita às casas para se certificar de que a fiação da lã estava sendo feita corretamente.  Seu dia festivo era o dia 6 de janeiro e sua festa foi incorporada às festas da Epifania no calendário cristão.

Krampus-08 Krampus-09

Krampus no Brasil

Existem algumas cidades na região sul do pais como santa Catarina principalmente onde são comuns as colônias alemãs aonde os primeiros dias dezembro alguns jovens tem o habito de se vertiirem com Krampus e tacar o terror no pessoas .existe uma variação desse personagem. Por lá ele se chama “Pensinique” e circula vestido com sacos de juta e roupas velhas, e carrega um saco cheio de apetrechos para assustar as crianças levadas.

No Vale do Itajaí. Nas cidades de Brusque e Guabiruba, por exemplo, é chamado ‘Pensinique’ (deturpação de Pelznickel, nome utilizada ao Sul da Alemanha). Aparece vestido em roupa velha e sacos de juta, tem cabelo de palha, carrega um saco nas costas como o Papai Noel. Nesta trouxa ou saco, possui instrumentos para assustar as crianças más, e as muito más ameaça-se serem levadas embora no saco.

Versao BR

Krampus lembra muito uma outra figura folclórica brasileira no modo de agir que seria o velho do Saco , porem de uma forma bem mais macabra.
Bem não tinha conhecimento dessa criatura sinistra até um conhecido meu postar algumas informações sobre ela achei interessante e acabei postando por aqui até o natal possui um lado negro da é também uma espécie de Equilíbrio entre o bem e o mal .

Fonte : Sites Google

Posts Relacionados :

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *